Nara Regina Franco de Andrade

Nara Regina Franco de Andrade

“O câncer de mama veio para reescrever a minha história. De repente, o câncer entra na sua história com a força de um furacão e que desordena todas as tuas células, tanto as ruins como as boas, e aí é dado o start para o embate. Não esperei pra saber quem venceria desde o início meu inconsciente queria e sabia que precisava ser eu, bastava aceitar as regras do jogo e lutar. Mas, certamente o que propiciou essa vitória foi a benção de poder contar com um complexo hospitalar de ponta com extraordinária equipe médica, apoio familiar e dos amigos, e, sobretudo, muita fé. Aquele diagnóstico inicial, que a princípio me assombrava, na realidade, me alforriou para a vida de forma plena, me possibilitou uma visão 3D da vida, me fazendo enxergar com profundidade e projeção essa nova chance que me foi presenteada. Depois desse reset, você consegue entender o seu verdadeiro papel como mulher, como cidadão, agindo inclusive como agente multiplicador de informações sobre a doença. Abrindo mão de si em prol do outro. Consegue se posicionar perante a vida com muito mais ousadia, com muito mais força, coragem e esperança. Vê-se plena e capaz pra conquistar o que quiser, o que vier. E as cicatrizes? Ah sim, elas muito me orgulham porque simbolizam o troféu que me garantiu mais uma chance nesse importante pódio que é a vida”.