Ieda Maria Morsch Beier

Ieda Maria Morsch Beier

“Receber diagnóstico de câncer implica em insegurança, medo, incertezas, dúvidas, questionamentos, todos esses sentimentos mexem com nossas estruturas emocionais e físicas.Passamos a matar um leão por dia! Após diagnósticos, vêm às coisas práticas. Emergências técnicas nos fazem tomar novos rumos. Esquecemos, deixamos o trágico de lado. A partir daí começam as consultas, exames e procedimentos. E ter três diagnósticos, o que significa? Mais e mais medo, insegurança, questionamentos. Sofri! Venci! Tornei-me uma fortaleza!

E receber o diagnóstico de câncer de mama da filhota de apenas 20 anos, como traduzir em palavras? Overdose de sentimentos, consultas e exames. Vencemos!

Então para ajudar a passar experiências, conhecimentos adquiridos na trajetória de vida com câncer, tornei-me uma voluntária da causa para que outras mulheres e homens possam escutar a minha voz”!