FLASHMOB NO PALÁCIO PIRATINI E ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O Instituto da Mama do Rio Grande do Sul reúne grupo de mulheres para flashmob em frente a Assembleia Legislativa e Palácio Piratini, dia 04 de Fevereiro – DIA MUNDIAL DO CÂNCER, às 10h chamando a atenção para a necessidade urgente de diagnóstico nos estágios iniciais da doença quando as chances de cura são maiores.

A entidade alerta a sociedade, buscando apoio das autoridades públicas para que apoiem a PLC dos 30 dias, projeto de Lei que determina que mediante a suspeita de câncer, os exames necessários para confirmação do diagnóstico sejam realizados em no máximo 30 dias no SUS. Hoje não há um prazo para o diagnóstico e o câncer pode evoluir durante investigações demoradas.

A demora do diagnóstico do câncer é uma situação recorrente no Brasil e traz sérias consequências para a vida dos pacientes. Por isso, o IMAMA representando as mulheres com câncer de mama, doença com mais índices de caso de mortes, está sempre buscando meios de destacar a importância da união da sociedade para pressionar a aprovação de leis que salvam vidas.

Segundo a Gestora de Marketing do IMAMA – Samsara Nyaya Nunes, Porto Alegre é a 2° Capital do país com maior incidência de câncer de mama, dados assustadores que não precisam estar relacionados a óbitos, desde que haja diagnóstico precoce. Ela revela ainda que a ação do dia 04 de fevereiro faz parte de uma campanha de alcance mundial que está mobilizando entidades do terceiro setor. “O nosso proposito é incentivar instituições, empresas, governos e comunidades para que sejam potenciais vetores de transformação e redução do impacto do câncer no mundo” Diz Nyaya. O mote da campanha Eu Sou e Eu Vou, promovida pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC) e Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA) está ganhando força nas redes sociais, instruindo seus seguidores a marcarem senadores eleitos em seus estados, aplicarem filtro temático em suas foto de perfil, além de reunirem relatos denunciando casos de espera por diagnóstico superior há 30 dias.

Para fazer parte desta ação internacional basta curtir e ou seguir o IMAMA nas redes sociais acompanhando as atividades que serão realizadas ou acessar o site www.imama.org.br para mais informações. Dúvidas: (51) 3264-3000 ou falecomimama@imama.org.br

Galeria