Mais uma conquista do Projeto Poa Rural:

Prefeitura disponibilizará transporte para o Imama - Poa Rural

O prefeito Nelson Marchezan Júnior determinou à Secretaria Municipal da Saúde (SMS) que forneça, por 90 dias, transporte de vans para atender o Instituto da Mama do RS (Imama), projeto POA Rural, que tem o objetivo de promover o atendimento qualificado para diagnóstico precoce de câncer de mama, à população da zona rural da Capital. Neste período ficou estabelecido que a SMS estudará outras alternativas como a parceria com aplicativos. Os veículos serão utilizados para transportar as pacientes até o Hospital da Restinga Extremo Sul para exames e tratamento. A demanda, trazida pelo vereador Airto Ferronato, que esteve acompanhado por equipe do Imama, foi apresentada ao chefe do Executivo nesta terça-feira, 19, em reunião no Paço Municipal.

“Atendendo o pedido do prefeito colocaremos o transporte à disposição do Imama e iniciaremos os estudos para buscar outras alternativas”, explicou o secretário Pablo Stürmer, que participou da reunião. A gestora de marketing do Projeto POA Rural, Samsara Nyaya Nunes, disse que a equipe do Imama tem percorrido os bairros da zona Sul fazendo o rastreamento das mulheres a partir dos 50 anos para que realizem o exame de mamografia e façam o tratamento. “O pedido pela ajuda no transporte deve-se ao custo na operação que poderia inviabilizar o projeto”, explicou Samsara. Ela lembra que desde fevereiro, quando iniciou o projeto, já foram rastreadas 146 mulheres, que fizeram o exame. Destas, três foram diagnosticada com a doença e já estão em tratamento.

Os bairros atendidos pelo projeto são: Glória, Nonoai, Cascata, Tristeza, Ipanema, Vila Nova, Chapéu do Sol, Lageado, Belém Novo, Campo Novo, Belém Velho, Agronomia, Lomba do Pinheiro, Restinga, Aberta dos Morros, Hípica, Serraria e Lami. O POA Rural tem a missão de oferecer a realização dos exames de mamografia digital, com atendimento técnico, especializado e gratuito.

(Assessoria - Fotos: Elaine Martins)



Voltar